domingo, 5 de junho de 2011

Ser livre.


Livre, simplismente livre.
Seria incrível passar a ser um pássaro. Queria tanto me sentir livre Voando, me sentir pequenininha ao tamanho do céu, chegar bem pertinho dele com apenas duas asas se movendo, sentir aquele vento fresco rebatendo á minha face, os pingos de chuva bem pertinho de mim e o calor do sol. Um bicho do qual todos amasse sem nenhum defeito. Queria ficar lá em cima perto do céu e enxergando as pessoas bem ali embaixo de mim. Queria ficar livre desse mundo preconceituoso cheio de defeitos, mas que às vezes tenho que confessar que aqui em baixo a vida não é tão frugal assim como penso. Tenho que confessar que aqui às vezes me sinto feliz, confessar que há bons corações. Mas as vezes me da uma vontade imensa de sumir daqui. De ficar voando lá em cima e esquecer de tudo aqui em baixo. Esquecer dos problemas, esquecer das angustias, esquecer das decepções, esquecer de tudo de ruim que passei. Queria poder pelo menos uma vez na vida me sentir livre o suficiente pra eu fizer tudo o que estivesse ao meu alcançe, queria ao certo me sentir útil pra algumas coisa.

Um comentário:

  1. Gostei!
    seguindo já rol!
    segue de volta!
    http://adailtonnuness.blogspot.com/

    ResponderExcluir